O sentimento dos alunos e alunas da Oficina de Artes Visuais dos ensinos Fundamental 2 e Médio em relação ao incêndio do Museu Nacional, ocorrido no dia 2 de setembro, pode ser visto na porta da sala de artes da escola. Para a professora Cristina Simões, a atividade surgiu de uma maneira muito intensa e natural.

– Desde o primeiro tempo da nossa aula, as turmas chegaram abaladas. O museu fazia parte de suas vidas. Lá, esses jovens aprenderam muito sobre cultura, ciência, história e arte. Diante disto, devolvi a pergunta de volta sobre o que eles estavam sentindo. Esse foi o ponto de partida para a realização deste trabalho. Começamos a trabalhar a questão do incêndio e o resultado do sentimento externado por eles foi colocado em palavras escritas nesta instalação que montamos na porta de entrada da sala de Artes Visuais – explica Cristina, que trabalha com alunos e alunas do 6º ano do Ensino Fundamental ao Ensino Médio.