Aprender sobre o processo do plantio através das técnicas de agroecologia. Esse é um dos muitos objetivos do projeto Escola Floresta, que é realizado na EDEM com as turmas de 5º ano do Ensino Fundamental 1, em parceria com a ong Sustentarte. Na semana passada, as duas turmas foram ao Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), acompanhados pelos orientadores da Sustentarte e pelo professor Fábio Rodrigues Pereira, para uma atividade em conjunto entre as duas instituições: plantar!

– Desde o início do ano, com o pessoal do Escola Floresta, as turmas aprendem sobre todo esse processo, como cuidar das sementes, como se dá o desenvolvimento das mudas… Agora no fim do ano a gente reuniu alunos da mesma faixa etária, das duas instituições, para uma tarde de plantio muito proveitoso. As turmas da EDEM adoraram não só plantar, mas a troca e a comunicação em si com as crianças surdas. Eu havia dado aula de libras para as crianças de 5º ano há duas semanas, ensinei um pouco sobre a linguagem e eles estavam numa expectativa muito grande por esse momento, que foi fantástico – lembra Fábio, que é orientador das turmas de Desenvolvimento Interpessoal (DI) de Meio Ambiente com as turmas do 9º ano, além de professor de geografia do INES.